atualidades · Ciência · Dicas · Educação · oportunidade

Conheça o Decola Beta: Programa de incentivo à ciência no Ensino Médio

12604645_908195892597370_4418621317243062458_o

Todos nós sabemos o quanto o incentivo à ciência está se tornando cada vez mais precário no Brasil. Recentemente, nós tivemos a notícia de que várias bolsas de pesquisa científica foram cortadas e por conta disso alguns pesquisadores estão começando a fazer suas pesquisas com o próprio dinheiro. No entanto, em meio a tanto desestímulo em se fazer ciência, surgem algumas pessoas interessadas em realmente contribuir para que os jovens se sintam mais próximos do que é ser um cientista e do quanto pode ser prazeroso fazer ciência no Brasil. Dá-se início, então, ao Cientista Beta, uma iniciativa que tem como principal objetivo aproximar os jovens da ciência e estimulá-los a serem protagonistas de seus próprios projetos científicos.

Sendo assim, com o Cientista Beta, surge também um programa de iniciação científica chamado Decola Beta, o qual é voltado para estudantes que tenham vontade de desenvolver um projeto científico e estejam em busca de mentores, conhecimentos diversos e desafios.

Para participar do programa, o jovem precisa estar no ensino médio ou técnico, possuir uma ideia de projeto científico (voltado para as ciências humanas, sociais, biológicas ou exatas) e se inscrever sozinho ou com um grupo de no máximo 3 pessoas. O programa seleciona anualmente cerca de 50 projetos para oferecer mentoria e material de apoio durante oito meses, sendo que ao final do ano eles realizam o seu próprio evento, chamado Experiência Beta.

Mas, o que é a Experiência Beta e qual é a sua diferença em relação às feiras comuns?

expbeta_2017.jpg
Experiência Beta 2017

Bom, a Experiência Beta é o Encontro Nacional do Cientista Beta, um evento que é muito mais do que uma feira de ciências convencional. Esse evento não tem como foco o projeto científico do estudante, mas sim o próprio estudante, que é o protagonista de tudo o que aconteceu durante o processo de pesquisa. O evento ocorreu esse ano em São Leopoldo, na faculdade Unisinos, perto de Porto Alegre, e contou com mais de 100 estudantes, além de professores, orientadores e voluntários.

Falando agora sobre a minha experiência pessoal, o evento que o Cientista Beta promove é simplesmente transformador. Durante três dias, jovens de diferentes regiões, culturas e contextos sociais se reúnem com o único intuito de compartilharem suas experiências e aprendizados. Por meio da Experiencia Beta, eu conheci pessoas com histórias de superação incríveis, conversei com referências na área de empreendedorismo, ciência e tecnologia e pude entender um pouco mais sobre mim e sobre a minha história (o tão necessário autoconhecimento). Além disso, conheci um pouco mais da cultura do sul ao ficar hospedada na casa de uma família gaúcha (tomei chimarrão pela primeira vez e acreditem, é viciante) e fiz amizades que acredito que irei guardar para a vida toda.

Mas não pense que o seu projeto científico será deixado de lado. Por mais que o objetivo do evento não seja tão voltado para isso, eles também possuem um dia em que todos os jovens apresentam seus projetos e recebem feedback oral e escrito (além de vários emails dos avaliadores para que você possa entrar em contato e pedir ajuda depois) sobre a pesquisa desenvolvida durante o ano. O clima que eles procuram passar é de um feedback construtivo, sendo que os próprios organizadores, antes e durante o evento, tranquilizam os estudantes e dão dicas de como realizar uma boa apresentação. Como um exemplo, o time do Cientista Beta esse ano analisou todos os slides dos grupos e deu dicas de como melhorá-los de modo a se tornarem mais limpos e agradáveis de serem lidos. Além disso, eles pediram para que nós entregássemos um vídeo como uma prévia da apresentação e também deram feedback, sempre muito construtivo e prático.

Como é o Programa Decola Beta?

O programa seleciona anualmente cerca de 50 projetos científicos, mas, para inscrever-se, basta apenas estar no ensino médio e possuir muita motivação para resolver os problemas ao seu redor. Eles não escolhem de acordo com a ideia e o impacto da pesquisa, mas sim de acordo com a motivação e o envolvimento que os estudantes apresentam por meio do processo seletivo. Sendo assim, você pode se inscrever com uma ideia mas acabar mudando um pouco o foco da sua pesquisa, o que é relativamente comum, embora não seja tão adequado. Eu, por exemplo, me inscrevi com um projeto sobre bioplásticos e no meio do ano acabei mudando totalmente o foco da minha pesquisa, que passou a ser sobre superdotação e altas habilidades. O Cientista Beta oferece todo o apoio durante a mudança de tema e eles não olham isso como algo negativo, mas eu aconselho pensar muito bem antes de inscrever sua ideia para não precisar mudá-la depois, visto que pode acabar não aproveitando tanto o programa.

caderno_cientistabeta.jpg

Por meio do Decola Beta, os estudantes selecionados recebem um mentor exclusivo de cada grupo para auxiliá-los durante o processo de desenvolvimento da pesquisa, além de materiais de apoio, que são divididos em módulos e servem para ajudar principalmente aqueles estudantes que nunca tiveram contato com pesquisa científica antes. Nos materiais, eles ensinam sobre como montar um plano de pesquisa, como são as regras da ABNT, como lidar com a comunicação em grupo, como administrar o tempo, dão dicas de bancos de dados gratuitos para auxiliar os estudantes em suas pesquisas bibliográficas e muito, muito mais! Além disso, eles também soltam desafios ao longo de toda a mentoria que estão diretamente relacionados com os aprendizados dos módulos, sendo que o intuito é ajudar o estudante a colocar o seu projeto em prática e desenvolvê-lo.

Uma coisa muito legal sobre o Decola Beta é a quantidade de feedbacks que você recebe sobre tudo o que você envia para eles. Eles dão feedback sobre seu plano de pesquisa, sobre todos os desafios e todo o material oral (feito por meio de vídeos) e escrito que os estudantes enviam para eles, sempre com muito cuidado e atenção. Além disso, eles também estão constantemente pedindo feedback dos estudantes sobre o que poderia ser melhorado e quais sugestões eles poderiam dar para que as futuras edições do programa se tornam cada vez melhores e ajudem cada vez mais estudantes.

Como posso me inscrever?

As inscrições para o ano que vem ainda não foram abertas, mas, para receber uma notificação quando elas abrirem, basta acompanhar a página do cientista beta no facebook (clique aqui para ser redirecionado para a página) e ficar atento, sendo que as inscrições geralmente abrem no início do ano, perto de março.

Por fim, o Cientista Beta também oferece diversos e-books e conteúdos interessantes sobre como é desenvolver pesquisa no Ensino Médio, além de dar várias dicas de como lidar com alguns obstáculos durante a pesquisa e esclarecer alguns dos mitos de se fazer pesquisa no Ensino Médio. Para ter acesso a esses conteúdos, é só entrar no site do Cientista Beta e procurar pelos posts relacionados a isso, ou então entrar na aba “Conteúdo” para encontrar os e-books disponibilizados gratuitamente pela equipe do Cientista Beta.

Como eu gosto de facilitar a vida de vocês, para acessar diretamente os e-book é só clicar aqui e você será diretamente redirecionado para a página deles que fala sobre os e-books. São ao todo quatro e-books: Professor de Cientistas, Da Imaginação ao Papel, A Escola de Verão do Instituto Weizmann e Decola Beta.

Caso ainda tenha restado alguma dúvida, não hesite em comentar abaixo e eu responderei o mais rápido possível. Até o próximo post! 

17200929_428168900851487_2095729134407888816_n

Anúncios

Um comentário em “Conheça o Decola Beta: Programa de incentivo à ciência no Ensino Médio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s