Depressão

Atualmente, cerca de 400 milhões de pessoas são portadores da depressão, mas ainda sim existe muito preconceito em relação à doença, então eu resolvi fazer um post explicando e tirando algumas dúvidas sobre isso.

Bom, vamos aos fatos:
Segundo Kofi Annan, ex-secretário geral das Nações Unidas, “A depressão atinge hoje quase 7% da população mundial –cerca de 400 milhões de pessoas”, apontou ele. “Incapacita os atingidos pela doença, coloca enorme peso em suas famílias e rouba da economia a energia e o talento das pessoas.”

image

Além disso, 67% das pessoas diagnosticadas com depressão tentam não demonstrar sintomas pois ficam com medo das opiniões dos outros, umas vez que 73% dos diagnosticados dizem que há muito preconceito contra depressão.

Alguma outra doença pode causar depressão?

De acordo com o psiquiatra André Gordilho, da Clínica Holiste, a depressão pode ser leve, moderada ou grave, também conhecida como Depressão Maior, que é um dos transtornos do humor. “A doença depressão é igual a qualquer outra e precisa de medicação para tratar. Ela é diferente da depressão como episódios, que pode ser sintoma de outras doenças, como o transtorno bipolar ou até mesmo do hipotireoidismo”, esclarece o médico.

A depressão pode ser genética?

O psicólogo Cláudio Melo ressalta que a depressão grave está vinculada com uma predisposição genética, a exemplo de outras doenças crônicas como o diabetes ou a hipertensão, e que surge independentemente do tipo de vida que a pessoa tenha. “Já a tristeza do dia a dia, que vira patológica em vi sociedade estar mais depressiva, se manifesta por uma razão, geralmente, uma perda material, afetiva ou ideal”, explica o psicólogo.

Quais são os principais sintomas da depressão?

Sintomas emocionais: tristeza, perda de interesse, ansiedade, angústia, desesperança, estresse, culpa, perda da libido, dificuldade de raciocínio, indecisão, baixa autoestima, alterações no sono, ideação suicida, entre outros;

Sintomas físicos: baixa energia, alterações no sono, dores inexplicáveis pelo corpo (sem causa clínica definida), dor de cabeça, alterações no apetite, alterações gastrintestinais, alterações psicomotoras, entre outras.

Quais sinais geralmente comprovam a depressão?

Segundo o psiquiatra professor da Unifesp Dr.Acioly Lacerda, para o indivíduo ser diagnosticado como deprimido, deve reunir pelo menos cinco dos sintomas acima, sendo que um deles tem que ser tristeza ou perda do interesse em atividades antes prazerosas, com duração mínima de duas semanas

Quais os fatores que podem levar à doença?

· fator genético – histórico familiar de depressão;

· estresse crônico – situações repetidas de estresse;

· perdas parentais – morte de um dos genitores;

· história de qualquer tipo de abuso na infância; sexual, verbal ou físico.

image

Então é isso, espero que tenha esclarecido algumas dúvidas, lembrando que esses dados não saíram da minha cabeça, eu busquei em vários sites para trazer mais explicadinho para vocês, quem quiser pesquisar mais fundo, existem vários sites que explicam mais detalhada as causas, sintomas e tratamentos,
      Até o próximo post! ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s